domingo, novembro 01, 2009

Decepcionado com Deus...


Então eu finalmente terminei de ler o livro do Philip Yancey – Decepcionado com Deus... E descobri algo que eu talvez não esperava descobrir...

EU ESTAVA ERRADA O TEMPO TODO E AINDA ESTOU!!!


Vou explicar...
Iniciei o livro achando que Deus não me amava, que Deus selecionava as pessoas a quem ajudar, a quem apoiar, a quem conceder seu imenso amor. Sabem a história do Patinho feio? Só eu sou feia, só eu sou assim, só eu sou assada. Esta mesma!!!
Durante a leitura, me vi na pele de um dos personagens (história real) que o autor citava para exemplificar e até mesmo expandir seu diálogo a respeito sobre as várias decepções que várias pessoas sofrem com Deus.

Realmente me vi na pele dele, Richard, um homem que implorou para que Deus falasse com ele em um determinado momento, ao que Deus não o respondeu. Então, ele simplesmente se levantou “aliviado”, pegou todos os seus pertences sobre Deus [Ele fazia faculdade de teologia] e simplesmente jogou-os na fogueira. Desde então, ele diz que Deus não existe. E se diz bem com isto...
Philip Yancey [o autor] aponta três perguntas que sempre fazemos acerca de momentos de crise em nosso relacionamento com Deus:

1ª Deus é injusto?

2ª Deus está calado?

3ª Deus está escondido?


Na verdade, estas três perguntas são suficientes para demonstrar um sentimento a cerca de Deus, ou melhor, a maior de todas as perguntas: “Porque Deus fica em silêncio quando mais precisamos dele?”.

Pois bem, ao ler estas perguntas eu pensei comigo mesma em um tom de sarcasmo: “É isto o que eu quero saber, vamos ver se o autor consegue mudar minha opinião.”.
No entanto, acabei sendo surpreendida, e nem ao menos sei se foi esta a intenção do autor.

Comecei a ler pontos de vista e história que me deixaram chocadas. E pasme, fiquei chocada não com Deus, mas comigo mesma.

Claro que se lermos aos velhos e novos testamento vemos um Deus que fala a seu povo por diversas formas. O que hoje em dia não é visto quase nunca, e infelizmente temos até pessoas que inventam coisas dizendo que são de Deus.

É por isto que nos manifestamos contra o silêncio de Deus e então duvidamos de sua existência e amor. Afinal, queremos ver o mesmo Deus que tanto lemos.

Durante a leitura.. eu percebi a verdade que citei acima. A minha verdade e a de Deus (não plenamente por parte dEle). A questão é que, durante todo o tempo em que eu fiquei “deprimida” pensando no porque Deus estava calado, porque está me fazendo injustiças, porque estava escondido e assim, porque não falava pra mim o que estava acontecendo, percebi uma coisa...

Milhões de pessoas fazem isto com Deus.. Milhões de pessoas questionam a Deus, Milhões e milhões falam que Ele não existe porque isto e porque aquilo. São mais e mais desculpas sobre tudo o que existe nos céus e na terra. Porém, ninguém até hoje parou e para se fazer uma única pergunta:

“EI!!! DEUS ESTÁ DECEPCIONADO COMIGO?”


Rs... Foi mesmo engraçado.. eu parei de ler o livro, olhei para o teto e pensei.. “Caramba..”.

Não, eu não li isto no livro.. apenas ele fez com que meus pensamentos chegassem até esta pergunta..

Tudo bem que Deus é amor, que Deus é misericordioso, e que nos perdoa, e que isto e aquilo.. Mas, se Deus nos fez á sua imagem e semelhança, claro que Ele também tem sentimentos, claro que Ele pode sentir tanto quanto nós, ou quem sabe bem mais intensamente a nossa dor e nosso sofrimento.

Eu vi que estou sendo errada, e que durante um grande período de tempo, eu estive errada.

Estes dias eu postei aqui um texto sobre o caminhar.. sobre o andar e seguir a Deus. Perguntando como você deseja andar. Sozinho ou acompanhado? Falei que se escolhermos andar com Deus, quando Ele nos fala para ir, nós iremos e seremos felizes, e quando Ele nos fala para não ir, não deveremos ir e seremos felizes. E quando Ele fica em Silêncio?? Nós devemos esperar até vir a sua resposta. Não fazer absolutamente nada. Não mudarmos nossa situação, não inventarmos, não agirmos por conta próprio, pois se assim o fizermos, certamente poderemos sofrer e nesta hora, como culpar a Deus???

É difícil quando não conseguimos alguma coisa que tanto queríamos. É difícil encarar a verdade e dizer que a culpa é toda nossa. Com certeza colocar a culpa em alguém é mais fácil. Afinal, se Deus nos deu a vida, e ela está uma droga, a culpa é de Deus!!

Não pessoal, a culpa não é de Deus. A culpa é nossa, pois quisemos seguir em nossos próprios caminhos...

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Rm 3.23
Agora eu sei que Deus também sofre comigo, Deus sofre pelas escolhas que eu faço sem perguntar pra Ele ou mesmo esperar por sua resposta que sempre vem na hora certa.
Ele ainda está em silêncio para várias coisas, mas eu não seguirei nem para a direita e nem para a esquerda. Eu estou esperando no Senhor, pois só assim sei que ficarei feliz.

Eu sei também que estou sendo um tanto quanto teimosa com Ele em determinados assuntos, mas é por uma boa causa (falando como um filho que pede um brinquedo). Mas é que eu quero muito que determinada coisa aconteça. Mas, não vou fazer nada do normal. Vou apenas esperar por um filho que espera quando o seu Pai fala “talvez”.
Um talvez não diz sim, mas também não diz não.. logo, surge a esperança.

“Deus, eu queria aqui, perante várias pessoas que possam ler este post, ou mesmo ninguém, apenas eu e o Senhor, lhe pedir perdão de todas as atitudes que tive até hoje e me feriram muito. Tenho ciência que somente eu fui culpada pela dor que as consequências que estas atitudes me trouxeram. Tenho ciência que talvez o Senhor não me bloqueou em algumas para que eu compreendesse o quanto devo ser dependente de sua vontade. Eu estava o tempo todo errada e principalmente quando te culpei por todas as dores sofridas. Não é sua culpa, é minha, somente. E aqui, publicamente e individualmente eu gostaria que o Senhor me perdoasse e assim tirasse qualquer mágoa que eu possa ter lhe causado. Eu me arrependo por tê-la criado.

Deus, eu não sou perfeita, mas o Senhor é, tenha paciência comigo e me ajude a viver aqui. É muito difícil, mas não impossível. E se impossível for, sei que nisto o Senhor intervirá.

Obrigada por abrir os meus olhos e me ensinar como e sempre serás Perfeito e Agradável ao meu viver.

Com amor,
Silvia”

Pessoal, espero que tudo o que foi escrito aqui gere uma reflexão pessoal sobre os nossos atos perante a vida, como sofremos com suas consequências e com isto, consigamos aprender a sermos cada vez mais dependentes da vontade de Deus para nossas vidas. Pois sempre será: Boa, Perfeita e Agradável. Deus nos ama muito... mas pense no que estamos fazendo para merecer este amor tão grande.

7 comentários:

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

*Longos Suspiros*

Eu,melhor do que ninguem sei o qto este amor e eterno e perfeito.

Fui resgatada qdo estava no fundo do poço,achei msm ( e claro falei muitas vezes ) que Deus nao me ouvia,estava calado e havia virado sua face...

Mas,qdo eu,achei que definitivamente iria perecer...ouve a açao imediata,coisa esta que nao esperava.

Deus sem duvida nao se esquece de nos e seu amor e infinitamente alem do que nossas mentes conseguem entender.

Lembrei ate de um louvor do Oficina G3 ( banda que sou fã ^.~)

"Alem do que os olhos podem ver"

Vale a pena ouvir...fala no profundo da alma.

Texto lindo minha amiga,gloria a Deus,pq vc...eu e muitos entendem o proposito de Deus.

Doces Beijos

Doce Essencia

Fabiana disse...

meu Deus, este post marcou heim miga... deu um aperto no meu coração. Pensei aqui, eu pedi tantas coisas a Deus algumas que me arrependi muito, e depois simplismente eu o abandonei... sem mais palavras...

beijos

Danilo Fernandes disse...

Ola Sil!


Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Taw disse...

É... poucos têm consciência de que DEUS tem sentimentos... fico feliz em ler algo tão consciente...

xD

obrigado.

:-P

Sônia Silvino disse...

Sil...
Cheguei!
Muito bom e profuuundo, menina!
Faz a gente pensar!
Tô seguindo!!!
Bjkas!!!

Sônia Silvino disse...

Sil, não consegui entrar no blog Resumindo! A mensagem dizia: blog não encontrado!
Bjkas!

Nataniel Sales disse...

Realmente a muitas verdades nesse post. Lendo, acabei lembrando das inúmeras vezes que acabava me enstristecendo com Deus, e me enfraquecendo por fatos que na verdade era consequência dos meus atos/erros. Nesse texto pude refletir e pensar: Quantas vezes será que acabei magoando/entristecendo Deus com os meus atos? Quantas vezes fugi da Sua vontade para a minha vida e fiz o que o desagradava, e no fim, ainda o culpei por minha decepção? Quantas vezes ignorei a Sua voz, mesmo sabendo que Ele sabe o melhor para mim ?
Hoje me encontro triste e fraco, mas não porque Deus é injusto, ou tenha me esquecido, e sim porque eu não fiz a sua vontade, mas posso ter a certeza que ele está de braços abertos a me esperar, pois Ele é misericordioso e não esquece, nem desiste dos seus!
Que Deus venha abencoar cada um dos leitores e irmãos, e que venha a dar forças, tanto a mim, como a cada um que se sente cansado e sobre-carregado.
Não se esqueça meu amado: Deus sabe o que é melhor pra ti!

Que a Paz do Senhor seja com cada um.
Amém

Related Posts with Thumbnails