terça-feira, janeiro 05, 2010

O que o coração diz...

Já percebeu como usamos nossa boca para declarar as coisas que nos acontecem? Eu sou assim, inclusive, separei algumas coisas que me fazem falar [a ordem não tem relevância de importância]:

. Compra/troca do carro; . Provas/trabalho da Faculdade; . Festas Importantes; . Novo emprego; . Velho emprego; . Começo de um relacionamento; . Fim de um relacionamento; . Surpresas; . Decepções; . Um novo estudo; . Uma nova oportunidade; . Uma nova visão; . Uma opinião diferente da anterior; . Novas amizades; . Novos valores e sonhos; . Um pesadelo ou sonho de conto de fadas; . Um filme; . Um livro; . Uma ideia; . Uma vontade; . Uma paixão; . Um amor; . Uma dívida; . Uma conquista; . etc.

Passamos por muitas coisas durante a vida, e com certeza, cada uma delas lhe trouxe muita ansiedade, felicidade, alegria. E nisto você sentiu vontade de compartilhar para muitas pessoas este momentos.

Como seres humanos não conseguimos deixar somente para nós o que acontece [até mesmo os segredos são difíceis de serem guardados]. Temos uma necessidade de falar ao mundo o que nos ocorre. A maneira como nos sentimos. Fazemos isto com o intuito de desabafar, de aliviar a tensão.

Percebemos que quando contamos algo a alguém, este contar nos alivia. Desta forma podemos conversar com esta pessoa sobre o assunto e abrir novas ideias, perspectivas e até mesmo interpretações diferentes. Queremos conversar sobre isto, queremos nos comunicar.

Tudo isto acontece porque, como disse Jesus “... a boca fala do que está cheio o coração.” (Lc 6.45). Sim, é verdade, você é normal. É normal falar, se abrir, conversar sobre algo que esteja te perturbando mesmo que de forma positiva.

É muito bom se expressar. É muito bom falar. Mas, não fale demais sobre o que não deve. Há segredos que somente Deus e você devem saber. Fale coisas boas, agradáveis aos demais. Seja sincero e correto no que está falando. Não desperdice um dom puramente por falta de sabedoria.

Sempre é bom tomarmos cuidado para quem falamos. Você confia nas pessoas com as quais você desabafa ou faz isto por pura falta de opção? Eu te aconselho a tomar muito cuidado com o que você diz e para quem o faz. Lembre-se que o que a gente fala é a nossa porta de saída.

Não é pela roupa que usamos, pelo tipo de cabelo, cor dos olhos, jeito de andar e comer que as pessoas tomam conhecimento de quem somos ou de como verdadeiramente somos. Mas sim conforme nossas atitudes e nossas palavras. Por isto, devemos ficar atentos ao que sai da nossa boca. Gírias, palavrões, frases insinuantes ou obscenas. Histórias criminais, estranhas, de difícil compreensão.

Por fim, se a boca fala do que está cheio o coração, o que você anda falando é o que o seu coração tem se ocupado. Então, pare e pense: Com o que você tem preenchido seu coração? Há o bem ou o mal nele? Preste atenção e se não souber, convide Deus para habitar nele.

Um beijo carinhoso a todos...

6 comentários:

Sônia Silvino disse...

Sil! Eu destaco no meu blog Reflexões: Refletir antes de agir... Antes de falar etc etc.
Mas quando a emoção fala mais alto, se torna difícil. Por isso é tão importante a inteligência emocional!
Bjkas, minha flor e bom domingo!

Taw disse...

hum... muito bom texto...

Uma sabedoria assim e mais outra já me bastaria...

:-P

Iório disse...

Tenho buscado exercer isso na minha vida! Também passei por tantas experiencias...

As vezes é muito difícil, ainda mais quando se está passando pelo dia mau, pelas provações que todo cristão vive. Mas tenho aprendido com Ele que o melhor mesmo é louvar, glorificar e esperar perseverante, diante das promessas que Ele mesmo nos entrega em intimidade, quando nos achegamos ao Seu colo.

Foi bom ler iste post. te amo, bjus!

Cadinho RoCo disse...

É sempre muito pertinente estarmos atentos ao que fazemos e ao que dizemos.
Cadinho RoCo

Vitinhobinho disse...

Bom dia. Adorei o Blog e sua forma de se expressar. Da uma passada no meu blog e comenta la http://vitinhobinho.blogspot.com/

Sylvio de Alencar. disse...

Existe um livro em que não haverá razão de sentir esse 'friozinho na barriga' ao pensar em lê-lo.
Se chama Conversando Com Deus.
foi escrito por Neale Donald Walsch.
Maravilhei-me com o que vi, e li.
Não é um apanhado de temas, e conceitos, e coisas legais juntadas aleatóriamente para um devido fim.
É muito mais!

Como vc abriu este blog, é porque se interessa pelo assunto.
Recomendaria de coração que o lesse. Irá surprendê-la como a mim surprendeu.

Related Posts with Thumbnails